Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 12/11/2019

Mais de 100 crianças, adolescentes, jovens e convidados são esperados para o “Encontro de Cultura Afro”, na Estação Cultural da Fundação Romi



A Fundação Romi realiza neste sábado, dia 16 de novembro, a partir das 13h00, a cerimônia de batizado e troca de graduação durante o Encontro de Cultura Afro, na Estação Cultural, em Santa Bárbara d’Oeste. A atividade tem como objetivo resgatar e difundir a cultura afro-brasileira através de manifestações identitárias tradicionais.


O batizado e troca de graduação é resultado de mais um ano das aulas do projeto Capoeira Socioeducativa, que tem por finalidade a disseminação de princípios e valores como respeito, tolerância, equidade e cidadania, por meio da valorização dessa cultura que congrega arte e esporte. A proposta traz à tona a cultura popular, de matriz africana, reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade com seu ritmo, canto, dança, música e esporte.


O evento terá a presença de mestres capoeiristas da região e participantes do projeto Capoeira Socioeducativa. A proposta do “Encontro de Cultura Afro” é promover o intercâmbio e a valorização da capoeira. “A atividade já faz parte do nosso calendário há cinco anos. As ações desenvolvidas pela Capoeira Socioeducativa fazem parte do trabalho da Estação Social, projetos socioeducativos com foco na criança e adolescente, que visam à redução da vulnerabilidade social através de oficinas semanais com práticas esportiva”, explica a assistente cultural Rosana Lopes.


Para o contramestre Motta oportunizar o acesso a Capoeira às crianças e adolescentes oferecendo uma atividade socioeducativa, complementar à escola regular, contribui para o melhoramento do rendimento escolar, frequência e bom desempenho, sustentando uma sintonia entre as oficinas de Capoeira e a aquisição de componentes morais e éticos, indispensáveis para o desenvolvimento harmonioso de caráter cidadão. “Colabora muito com a população de Santa Bárbara d'Oeste, principalmente com aqueles que participam das oficinas e seus familiares, pois no exercício e prática da Capoeira é estimulada a disciplina, o respeito ao próximo e a boa conduta social”, afirma. “Trocar a graduação, ou receber a primeira, é a conquista de cada participante de todo empenho e dedicação em 2019”, diz o contramestre.

Receba nossas novidades

19 3499.1558

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por