Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

O coach Wagner Baroni traz para a Estação Cultural o tema “Inteligência emocional para uma vida e carreira de sucesso”




Como parte da Estação Criativa, uma das Quatro Estações, o Armazém da Estação Cultural da Fundação Romi recebe no dia 10 de abril, às 19h59, o coach Wagner Baroni com a palestra “Inteligência emocional para uma vida e carreira de sucesso”. A entrada é franca, mas é necessário realizar inscrição prévia, através da plataforma Sympla.

A palestra conta com conteúdo sobre inteligência emocional, abordando temas como autoconhecimento, perfil comportamental, entendimento de crenças limitantes, mudança de hábitos, metas e objetivos, dicas para começar o seu negocio e ser um empreendedor para vender suas ideias e produtos. “Convidamos a todos os empreendedores, empresários, comerciantes, seja micro ou macro, a participarem do evento. Ele vai de encontro à meta que traçamos para a Estação Criativa. É uma ótima oportunidade para quebrar barreiras que limitam o crescimento e conquistas”, fala a Assistente Cultural, Rosana Lopes.

Muitas pessoas tentam e não conseguem enfrentar o primeiro obstáculo ou adversidade que aparece para começar e empreender no seu próprio negócio. Muitos fatores contribuem para a limitação e desistência, até mesmo o medo. “Quando uma ideia de iniciar seu próprio negócio surge, é fundamental saber que não é apenas um meio que pode levar à riqueza. É um caminho que pode ser trilhado para correr atrás dos seus sonhos e encontrar realização pessoal. A jornada não é fácil, mas todos os grandes empreendedores se aventuraram nela. É fundamental ter Inteligência Emocional para conquistar aquilo que se deseja”, explica o coach Wagner Baroni.

“A proposta é voltada àqueles que têm receio de dar o primeiro passo, aos que já estão no trajeto e até aos que já percorreram muitos quilômetros. Muitas vezes queremos mudanças. Mas as mudanças que queremos não estão nos outros, mas sim, em nós. Essa mudança está em nós”, fala Baroni. E afirma ainda que é necessário assumir riscos para se obter o que deseja. “Você nunca terá uma vida excepcional fazendo apenas o que é seguro”, conclui.

Mais informações acerca da programação da Estação Cultural da Fundação Romi, oficinas, eventos e inscrições podem ser obtidas através do site www.fundacaoromi.org.br/estacaocultural ou pelos telefones (19) 3455-4830 e 3455-4833. A Estação fica à Av. Tiradentes, 02, Centro, Santa Bárbara d'Oeste.

Wagner Baroni – Palestrante, Master Coach formado pela Febracis com Certificação Internacional pela Florida Christian University – Orlando, FL- EUA. Tem experiência de 29 anos no ramo de comunicação como apresentador, jornalista, locutor, narrador de documentários e dublador de filmes e series. Na TV teve passagens como convidado do programa Raul Gil como jurado, e por três anos participando da bancada do Teleton no SBT. Faz parte do cast de estúdios de dublagem da Upvoice, onde realizou trabalhos de dublagens e narrações para os canais Fox, Fox Life, Nationalgeographic , Nat Geo Wild, Canal E , TrueTv e outros.

As Quatro Estações

Para 2019 o Plano de Ação desenvolvido, e que será executado, está voltado para ações sociais, economia criativa, geração de renda, musicais e sustentáveis. “Começaremos a realizar ações numa área que vem crescendo a cada dia: sustentabilidade. A proposta vai de encontro com a pauta global, com base na Agenda 2030 da ONU, que tem como tema 'Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para Desenvolvimento Sustentável'”, explica, Rosana Lopes, Assistente Cultura da Estação.

Para que tudo seja colocado em prática, foram criadas quatro áreas que serão exploradas pela Estação Cultural, chamadas “As Quatro Estações”. Serão elas: Estação Criativa, Estação Musical, Estação Social e Estação Sustentável. “Promoveremos discussões que visem contribuir com o despertar da consciência coletiva sobre a importância da cultura na interação social e no desenvolvimento humano”, fala Rosana.

Com o objetivo de oferecer à população de Santa Bárbara d'Oeste e região o acesso a atividades culturais que normalmente se encontram fora do alcance da maioria, seja pela falta de recursos financeiros ou de oportunidade, visando o desenvolvimento social e humano, a Estação Cultural, em 2019, trabalhará com as seguintes áreas:
  • ESTAÇÃO SOCIAL: Projetos socioeducativos, com foco na criança e adolescente, que visam à redução da vulnerabilidade social através de oficinas semanais.
  • ESTAÇÃO CRIATIVA: conjunto de ações e atividades integradas cujo objetivo é oferecer espaço e oportunidades para desenvolvimento de empreendedorismo no campo da cultura, proporcionando o crescimento dos ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usem criatividade, cultura e capital intelectual como insumos primários. Realizar-se-ão cursos e oficinas de capacitação com foco na geração de renda, voltados aos artesãos e à comunidade em geral, além de edições mensais da ESTAÇÃO ARTESANAL, de março a dezembro, com objetivo de fomentar a economia criativa em Santa Bárbara d'Oeste e região.
  • ESTAÇÃO MUSICAL: projetos e atividades cuja finalidade principal é a democratização do acesso à música.
  • ESTAÇÃO SUSTENTÁVEL: conjunto de atividades e ações que tem por objetivo despertar a reflexão sobre importância da cultura da sustentabilidade, do consumo responsável e de mudanças de hábitos em casa e no trabalho. Haverá palestras e workshops, ações socioambientais e culturais, que proporcionem a troca de experiências, convívio social e celebração entre amigos e familiares. Também será realizada uma “Feira de troca de brinquedos”, com intuito de alertar pais e responsáveis sobre os perigos do consumo infantil desenfreado e apresentar novas possibilidades de aquisição que vão além do valor monetário e do bem material.

“Estamos abertos para conhecermos propostas e pessoas, como esta do coach Wagner Baroni, que atuem nas áreas abarcadas pelas Quatro Estações. Toda troca e somatória de conhecimento são positivas e contribuem para o desenvolvimento do trabalho, e consequentemente na formação social da comunidade local e regional. Vamos pensar global e agir local para que o resultado seja alcançado”, convida o Superintendente da Fundação Romi, Vainer Penatti. “Vamos oportunizar acesso a atividades culturais alinhadas aos quatro pilares da Educação do Paradigma de Desenvolvimento Humano da UNESCO: aprender a Ser, aprender a Conviver, aprender a Fazer e aprender a Conhecer”, finaliza.

Receba nossas novidades

19 3455.4830

Av. Tiradentes, 2 - Centro - Santa Bárbara d'Oeste - SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por