Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Alunos do projeto Capoeira Socioeducativa da Fundação Romi apresentam todo aprendizado adquirido nos encontros da oficina



No Armazém da Estação Cultural da Fundação Romi acontecerá no próximo domingo, dia 27 de outubro, às 10 horas, Roda de Capoeira comandada pelo contramestre Motta, oficineiro responsável pela execução do projeto Capoeira Socioeducativa realizado semanalmente na Estação Cultural. O evento faz parte da programação do espaço plural e multicultural desde 2013. A exibição ao público é resultado do que é aprendido nos encontros do projeto Capoeira Socioeducativa.


As atividades desenvolvidas pela Capoeira Socioeducativa fazem parte do trabalho da Estação Social, projetos socioeducativos, com foco na criança e adolescente, que visam à redução da vulnerabilidade social através de oficinas semanais com práticas esportivas. “ Além dos encontros semanais, realizamos ’Rodas de Capoeira’ para que os participantes do projeto possam vivenciar e colocar em prática o que aprenderam durante o treinamento”, fala a assistente cultural da Estação Cultural Rosana Lopes. “ Realizar a exibição, promove a integração social e preserva a memória histórica através da Capoeira”, finaliza Rosana.


Os participantes irão mostrar ao público movimentos e organizações típicos da Capoeira, como formação de roda, ginga e musicalidade. Na Roda de Capoeira o conhecimento e as habilidades são aprendidos por observação e imitação, então, quem quiser arriscar e mostrar sua ginga, terá a oportunidade. “O evento é aberto ao público, e qualquer pessoa presente poderá participar e jogar Capoeira”, convida o contramestre Motta, oficineiro responsável pela Capoeira Socioeducativa. Motta destaca que a Capoeira é para todas as idades. “Trabalhamos e reforçamos sempre durante os encontros e eventos do projeto Capoeira Socioeducativa, que nossas atividades são para todas as idades. Então, aproveita o domingo e traga a família para uma experiência diferente e enriquecedora”, conclui o contramestre.


A capoeira é uma expressão cultural brasileira que teve origem no século XVIII, que mistura movimentos de artes marciais, dança e música. A modalidade se desenvolveu como forma de sociabilidade, solidariedade e estratégia de defesa. É um dos maiores símbolos da identidade brasileira e está presente em todo o território nacional, além de ser praticada em outros países. Pela importância cultural e histórica, a Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres de Capoeira foram reconhecidos como patrimônio cultural brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2008. Em 2014, a UNESCO reconheceu a Roda de Capoeira como Patrimônio Imaterial da Humanidade.


Capoeira Socioeducativa – O projeto Capoeira Socioeducativa é uma iniciativa da Estação Cultural da Fundação Romi voltado à valorização desse misto de arte e esporte. Além dos gingados, a roda de capoeira, com seu ritmo, canto, dança e música proporciona, ao público participante, apresentações de maracatu, afoxé e samba de roda. Nas oficinas o aluno tem acesso aos fundamentos da arte, sua história e seus instrumentos. Não há limite de idade. Inscrições devem ser realizadas presencialmente na Administração da Estação Cultural. Os encontros acontecem
aos sábados das 11h às 13h.


Mais informações acerca da programação da Estação Cultural da Fundação Romi, oficinas, eventos e inscrições podem ser obtidas através do site www.fundacaoromi.org.br/estacaocultural
ou pelos telefones (19) 3455-4830 e 3455-4833. A Estação Cultural da Fundação Romi fica à Av. Tiradentes, 02, Centro, Santa Bárbara d’Oeste.

Receba nossas novidades

19 3455.4830

Av. Tiradentes, 2 - Centro - Santa Bárbara d'Oeste - SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por