Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 25/11/2019

Ação extramuros do CEDOC da Fundação Romi beneficia mais de 1.500 alunos



Assistente de documentação André Villani durante ação educativa "CEDOC vai à Escola"

De abril até outubro de 2019 o Centro de Documentação Histórica – CEDOC da Fundação Romi realizou a ação extramuros “CEDOC vai à Escola” com a temática “A evolução da telefonia no
município”. Aderiram ao projeto 12 escolas, totalizando 42 atividades educativas beneficiando 1.595 alunos que puderam conhecer através de fotografias, jornais, livros e objetos a história e a utilização do “TELEFONE” na cidade de Santa Bárbara d’Oeste.


Durante estes sete meses foram inúmeras as reações das crianças perante a abordagem do assunto. “ Durante a ação educativa, levamos modelos antigos de telefone, mostramos foto do orelhão e eles vem uma ficha telefônica e explicamos o funcionamento da operação desse modelo”, explica o assistente de documentação do CEDOC André Villani. “Eles também mostram espanto ao verem uma lista telefônica, objeto raro de se encontrar hoje em dia”, finaliza.


Por estarem inseridos no mundo da tecnologia, a maioria dos beneficiados do projeto “CEDOC vai à Escola” só teve contato, até a ação, com os modernos telefones celulares. “Eles ficam admirados ao verem os aparelhos antigos, do telefone de mesa de disco até os primeiros modelos de telefone móvel”, conta o assistente de documentação do Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi José Fernando Rezende. “Os alunos acham que sempre existiram os celulares. Quando começam a ver a evolução do meio de comunicação, e como ele contribuiu para o desenvolvimento de Santa Bárbara d'Oeste, ficam admirados”, conclui.


Em 2020 o Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi continuará com a ação extramuros, voltada para alunos de 3ºs anos do Ensino Fundamental I. “Todos os educadores que avaliaram a ação educativa apontaram que o conteúdo apresentado pela equipe do CEDOC foi adequado e destacaram o fato de levarmos os exemplares originais como elemento de motivação e curiosidade para os estudantes. Isso nos motiva a continuarmos a oferecer a atividade para a comunidade escolar”, comenta a coordenadora do CEDOC Sandra Edilene de Souza Barboza.


O conteúdo da ação educativa pode ser acessado através do link www.fundacaoromi.org.br/cedoc onde estão disponibilizadas fontes para a pesquisa a respeito da telefonia, fotografias de telefones do acervo, linha do tempo, exposição virtual além de propostas de atividades para serem desenvolvidas após a realização da ação educativa CEDOC vai à escola.



Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por